Soluções Tributárias | Soluções de Mercado

IBPT na Imprensa

Publicado em 09/04/2013

‘Causa mortis’ das MPE

Cerca de 42% das falências de micro e pequenas empresas são causadas pela falta de planejamento e informações do mercado.

Fonte: FCDL/SC

Estudo desenvolvido pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT) indicou que a falta de planejamento e informações do mercado é a principal causa do desaparecimento das micro e pequenas empresas brasileiras. Cerca de 42% das falências de micro e pequenas empresas são causadas pela falta de planejamento e informações do mercado. Também foram mencionados como causadores do óbito dessas empresas a complexidade tributária e burocrática de um negócio (16,51%), a dificuldade no acesso a crédito (14,43%), tecnologias de gestão complexas e de alto custo (11,76%) e brigas familiares ou de sócios (6,65%).

De acordo com o estudo, a principal causa do não crescimento das empresas menores é o sistema tributário brasileiro. O estudo constatou que a maioria das MPEs prefere permanecer espontaneamente no Simples Nacional, para continuarem usufruindo do sistema, mesmo que isso signifique estagnação. Daquelas que saem do sistema, 62,03% tornam-se inadimplentes nos dois anos seguintes. "Assim, há um completo desestímulo para que as micro e pequenas empresas cresçam e migrem para um outro regime tributário, em virtude da brutal elevação do custo", informa o levantamento do IBPT. Com informações do Diário Comércio Indústria (DCI).