Soluções Tributárias | Soluções de Mercado

Estudo

Publicado em 02/04/2013

IBPT lança o PAI - ferramenta para auxiliar o Micro e Pequeno negócio

Segundo Gilberto Luiz do Amaral, presidente do Conselho Superior do IBPT, a ferramenta poderá evitar a morte de milhares de micro e pequenas empresas, que representam 85% dos negócios no País

Fonte: IBPT

O Programa de Assessoramento Intensivo do Micro e Pequeno Negócio – PAI, é o mais recente serviço lançado pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário – IBPT, que apresenta soluções inéditas para os micros e pequenos negócios, dando-lhes condições para administrarem suas empresas, por meio de uma assessoramento digital exclusivo e diferenciado. O IBPT já é pioneiro na criação de ferramentas sociotecnológicas e socieempresarias, como o Impostômetro , o Empresômetro e o Wiki IR .

O PAI é um completo sistema de gestão empresarial (Entrerprise Resource Planning - ERP), que está disponÍvel gratuitamente no endereço pai.org.br, ao microempreendedor individual e de pequenos negócios com faturamento anual de até R$ 360 mil. O Programa possui módulos sobre  preço médio de mercadorias e serviços, custo tributário por nota emitida, fluxo de caixa inteligente com a geração de cenários, controle de estoque, controle patrimonial, módulos integrados de BI e CRM, módulo de cálculo e projeção de custo dos funcionários, aluguel, financiamentos, dentre outras inovações. “No sistema, o empreendedor passa a acompanhar o desenvolvimento do seu negócio, detectar os principais erros que está cometendo na gestão do seu estabelecimento e ter a oportunidade de corrigi-los para evitar problemas futuros", afirma Gilberto Luiz do Amaral, presidente do Conselho Superior e coordenador de estudos do IBPT.

O PAI permitirá a inclusão digital dos micro e pequenos empresários, pois foi desenvolvido em uma plataforma de simples operação, com acesso às informações em qualquer lugar em que esteja o empreendedor.

FALTA DE PLANEJAMENTO E DESCONHECIMENTO DO MERCADO SÃO RESPÓNSÁVEIS POR 41,64% DO FECHAMENTO DE MICROS E PEQUENOS NEGÓCIOS

O Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário – IBPT, divulga hoje um estudo inédito, no qual detecta que, devido à falta de planejamento e desconhecimento do mercado, 41,64% do total de micros e pequenos negócios não se desenvolvem no País.

A complexidade tributária e burocracias a serem cumpridas são a segunda maior causa de mortalidade, afetando 16,51% dos empreendimentos de pequeno e micro porte, seguida da dificuldade de acesso a créditos e financiamentos, que acomete 14,43% das empresas.

Outra importante informação é que a utilização de tecnologias de gestão complexas e de alto custo são responsáveis por problemas em 11,76% de empresas em atividade”.

Ainda de acordo com o estudo do IBPT, que embasou a criação do PAI, as brigas familiares ou de sócios, falência, encerramento espontâneo de atividades também são motivos apontados pelo Instituto como causa do fim do empreendimento. Mais informações estão no estudo anexo. 

Gilberto Luiz do Amaral está à disposição para falar sobre o Programa de Assessoramento Intensivo do Micro e Pequeno Negócio - PAI. Para agendar uma entrevista, entre em contato com as De León Comunicações, nos telefones (11) 5017-4090//7604 ou e-mail paloma@deleon.com.br